“Pais, filhas” e espectadores desiludidos

Russell Crowe e Amanda Seyfried protagonizam Pais e Filhas de Gabriele Muccino, uma avalanche de enredos temperada com a vontade exagerada de emocionar. Continue a ler ““Pais, filhas” e espectadores desiludidos”

Anúncios

Literatura feminista: Sufoca-me esta campânula

Publicado sob o pseudónimo Victoria Lucas, em 1963, The bell jar (ou A campânula de vidro, na tradução portuguesa) de Sylvia Plath é uma viagem aterradoramente perspicaz pela raiz sexista da sociedade. Continue a ler “Literatura feminista: Sufoca-me esta campânula”