Salada de estórias: 04 de Janeiro

As tensões entre o Irão e a Arábia Saudita, o aumento da dívida pública portuguesa e a queda da bolsa chinesa marcam esta segunda-feira a par de duas outras estórias bem menos convencionais.

Costa_coffee_2013 (1)

Os últimos grãos de café

O aumento do consumo e a alteração dos padrões de exigência dos clientes estão a criar um desequilibro estrutural no mercado do café.

A reduzida dimensão das plantações localizadas, sobretudo, na Etiópia e na América Latina tem impedido a resposta adequada dos fornecedores ao crescimento da procura.

Ademais, o aquecimento global tem ameaçado a oferta actual, colocando em risco, pelo menos, um quarto da produção brasileira.

Em três anos, avança o The Telegraph, a escassez será um problema sério a ter em conta, particularmente, no que diz respeito às melhores xícaras de café.

ff_madmaxtown5_f (1)

O cadáver de uma cidade moderna

Picher é hoje uma cidade fantasma localizada no estado norte-americano do Oklahoma.

O seu passado glorioso fez deste, além de tudo, um dos lugares mais tóxicos do país.

Em 2009, o seu governo dissolveu-se, culminando um longo processo de desertificação daquele que foi, um dia, o centro da indústria mineira dos Estados Unidos da América.

Declarada inabitável pela sua água contaminada por resíduos tóxicos e pelo perigo de afundamento que paira sobre um terço da cidade mantida sobre o vácuo, Picher sobrevive dividida entre habitantes que insistem no seu renascimento e invasores.

Equipados com telemóveis, redes de Wi-Fi e armas de fogo, os habitantes desta colónia resiliente tentam, a todo o custo, salvar a cidade da ruína total.

Picher é, segundo a Wired, o exemplo emblemático do que acontece quando uma cidade moderna morre.

Vazio e coberto por avisos de demolição, há ainda quem acredite na reabilitação deste local deixado sem chão, ar ou água pela exploração mineira de empresas cujas falência abstém de responsabilidade.

Mais: Preparations for Harbin Ice and Snow Sculpture Festival 2016, na BBC. 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s