Eles vão à Lua. Elas dramatizam na Terra

Inspirada no romance de Lily Koopel, a nova série de Stephanie Savage (reconhecida pelo seu trabalho em The gossip girl), The astronaut wives club, faz-nos tirar o pulso aos primeiros batimentos cardíacos daquela que viria a ser uma épica corrida ao espaço.

“Sete famílias tornam-se realeza americana”, comenta Duncan Prinkle (Evan Handler), relações públicas da Agência Espacial Norte-Americana. Ao seu lado, Max Kaplan (Luke Kirby), um repórter da [lendária] revista Life,  observa a sala, que se vai enchendo de astronautas, militares, cientistas e políticos.

Loiuse Shepard (Dominique McElligott) traz ao braço o marido, Alan, que se consagraria o primeiro americano a ir ao espaço. Vem de nariz empinado e sorriso mordaz. Cheia de si. Alta. Louise resiste assim – superior – mesmo face às traições sucessivas e flagrantes do seu cônjuge.

A nova mini-série da ABC, The astronaut wives club, promete, simultaneamente, preencher o vazio deixado por Mad Men e ressuscitar o espírito de Donas de casa desesperadas, adaptando-o aos charmosos anos 60. A intenção fica clara; o potencial sucesso permanece bastante duvidável.

Louise é, apenas, uma das sete esposas dos astronautas envolvidos na operação Mercury.

Determinadas a fazer dos seus maridos os favoritos na conquista ao espaço e a vender essa corrida ao povo americano, Louise, Rene (Yvonne Strahovski), Trudy (Odette Annable), Betty (JoAnna Garcia Swisher), Marge (Erin Cummings), Annie (Azure Parsons) e Jo (Zoe Boyle) equilibram os seus passados duvidosos, a exposição mediática constante e as tensões geradas entre si sob um bonito quadro de harmonia polida.

THE ASTRONAUT WIVES CLUB - ìLaunch - A new television drama series based on the book by Lily Koppel, focuses on seven women who were key players behind some of the biggest events in American history.  As America's astronauts were launched on death-defying missions, the lives of their young wives were transformed, seemingly overnight, from military spouses to American royalty. As their celebrity rose, and tragedy began to touch their lives, they rallied together.

À semelhança de Mad Men, a fotografia e o guarda-roupa deslumbram. Cada cena da série de Savage é, fabulosamente, pensada ao detalhe. 

The astronaut wives club é, por isso, um importante retrato socio-estético do período histórico que representa.

A série de Matthew Weiner complementara, contudo, essa pintura sedutora com um enredo intrigante, que agarrara o espectador até ao último minuto.

A mais recente aposta da ABC falha, por vezes – demasiadas vezes – nesse esforço, assumindo-se como um agradável gelado de entretenimento que do Verão não passa.

Quando Trudy Cooper se levanta contra a sociedade sexista norte-americana, o espectador aproxima-se do ecrã, entusiasmado pela conjugação incrível de requinte, inteligência e ousadia. O nascimento do feminismo é um fenómeno emocionante. Pena tomar tão pouco tempo de antena.

Dez episódios depois, a série agrada o olho, mas desilude o coração. Falta-lhe sal, provocação, ânimo. 

À semelhança de Donas de casa desesperadas, a obra de Savage oferece uma panóplia diversificada de personalidades que se agridem, disfarçadamente.

The astronaut wives club  merece, porém, ser reconhecida como verdadeira encarnação do lema “por detrás de um grande homem, há sempre uma grande mulher”, mais do que ser julgada por esses enredos secundários que a domesticidade instiga.

A composição cromática, a moda, os bastidores dos segundos grandes descobrimentos e o pulsar ténue – mas firme – dos ideias feministas, conferem a cada episódio a atmosfera certa para uma história leve – ainda que eficaz – e perfeita para os dias mais quentes.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s